ENTREVISTA COM A SECRETARIA DE CULTURA DE SJP, DENISE PINHEIRO

A Secretaria de Cultura de SJP, Denise Pinheiro. Crédito: Katia Velo

Denise Pinheiro é natural de Irati, pedagoga pós-graduada em neuropsicopedagogia e teologia. Ao iniciar a entrevista onde peço uma minibiografia, já demonstra que seus maiores créditos estão relacionados à família, destaca, “Sou filha da dona Rose e seu Valdir. Mãe de três filhos lindos: Henrique, Vanessa e Lavínea”. E completa:  “Sou poetisa apaixonada pela arte de amar!”.   Além de ser muito coração, logo percebemos outra qualidade – a humildade. Denise em apenas um ano e três meses na pasta da Cultura, deixa sua assinatura com frutos e flores, apesar de vivemos num dos momentos mais difíceis da contemporaneidade – a pandemia provocada pela covid-19. Junto a sua equipe, Denise não mediu esforços para a aprovação da Lei Alcir Blanc, acesse o Link da Prefeitura de São José dos Pinhais http://www.sjp.pr.gov.br/secretarias/secretaria-cultura/editaiscultura/ fosse realizada em São José dos Pinhais.  A seguir, entrevista concedida por e-mail.

Katia Velo – Quais foram as maiores dificuldades para a execução e aprovação da Lei Alcir Blanc.

Denise Pinheiro – Regulamentar a SEMUC, empoderar a equipe que seríamos capaz de realizar algo totalmente desconhecido, unir funcionários, conselhos e sociedade civil, convencer gestores que não se trata de convênio e sim verba emergencial, muitos incrédulos, no repasse dos recursos. Criar a lei no Município, publicizar em período eleitoral, maior dificuldade elaboração dos editais de maneira que todos tivessem acesso, no tempo exigido por lei, e em forma de prêmios para reconhecer o trabalho de todos os artistas dispensando licitações e outros empasses burocráticos.

KV – A aprovação desta lei trará inúmeros benefícios à classe artística, ressalte alguns.

DP – Primeiramente  a que veio caráter emergencial, costumo dizer que a classe artística foram os primeiros a parar e serão os últimos a voltar trabalhar. Então, será para honrar os compromissos desses meses de prejuízos parados devido a pandemia, provocada pela covid-19. Segundo valorização dos nossos artistas locais. Terceiro fomentar a cultura no nosso Município.

KV – Quais são os maiores legados que a experiência como Secretária de Cultura lhe trouxeram.

DP – Um legado de amor e sensibilidade, exercer a função, batalhar por uma classe, fazer cumprir a lei de dar acesso à Cultura a toda a população, mesmo em momento de pandemia. Valorizar o artista e encorajar viver da arte e não ver a arte como – bico- acredito que este será meu maior legado.

KV – Como você vê o desenvolvimento da Cultura nos próximos anos em São José dos Pinhais.

DP – Acredito que a cultura será vista e valorizada, com essa dimensão que tomou, com esse valor de  2.077.162,36  que foi todo destinado aos artistas com projetos lindos. Ficará fácil para o próximo Secretário brigar por mais verba para ser investido na nossa Cultura buscar recursos dentro e fora do Município.

Deixo a Secretária com um banco imenso de contrapartida em eventos: mostra cultural, shows, saraus de poesia, documentários, exposições, peças e vagas em companhias, etc…

Feira de artesanato valorizada, com estrutura para os feirantes e mídia para divulgação

Praça do verbo divino com proposta de ponto turístico com galeria ao ar livre que retrata a cultura da imigração de São José, e com totens que mostrará em simultâneo com nossa galeria de artes e exposições do aeroporto as obras expostas despertando o interesse ao público que frequenta a praça. com concha acústica revitalizada e adaptada para shows e manifestações artísticas, feiras de artesanato, bancos com frases literárias inclusive uma de minha autoria.

A vida é exatamente a cor que você pinta, escolha hoje colorir.

1 Comentário on ENTREVISTA COM A SECRETARIA DE CULTURA DE SJP, DENISE PINHEIRO

  1. Ivan da Silva Araujo // 21 de dezembro de 2020 em 13:46 //

    Denise. Pessoal esplendorosa. De grande valor cultural a nossa Cidade. Obrigado Secretaria Denise por oportunizar a todos os artistas junto com a sua equipe, o acesso a recursos da Lei Aldir Blanco. Estará sempre em nossa história. Pois estamos vivendo um momento nunca visto na Secretaria de Cultura de São José dos Pinhais. Onde inúmeros artistas se encontram envolvidos e unidos pelo bem comum. Felicidades Denise.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*